terça-feira, 9 de agosto de 2016

Santa Teresa Benedita Da Cruz

                                                                     

Santa Edith Stein (Teresa Benedita da Cruz)

Edith Stein nasceu na cidade de Breslau, Alemanha, no dia 12 de outubro de 1891, em uma próspera família de judeus. Na adolescência, viveu uma crise: abandonou a escola, as práticas religiosas e a crença consciente em Deus. Em 1921, leu a autobiografia de Santa Teresa d'Ávila. Tocada, converteu-se e foi batizada em 1922. Mas a mãe e os irmãos nunca compreenderam ou aceitaram sua adesão ao catolicismo. A exceção foi sua irmã Rosa, que se converteu e foi batizada em 1936. Edith Stein começou a servir a Deus com seus talentos acadêmicos. Em 1933, chegavam ao poder Hitler e o partido nazista. Todos os professores não-arianos foram demitidos. Por recusar-se a sair do país, os superiores da Ordem do Carmelo a aceitaram como noviça. Em 1934, tomou o hábito das carmelitas e o nome religioso dTeresa Benedita da Cruz. A Segunda Guerra Mundial começou e a expansão nazista alastrou-se pela Europa e pelo mundo. Em julho de 1942 os bispos holandeses emitiram sua posição formal contra os nazistas e em favor dos judeus. Hitler considerou uma agressão da Igreja Católica e revidou. Em agosto, dois oficiais nazistas levaram Edith e sua irmã do Carmelo para o campo de Westerbork. Lá, Edith Stein procurava consolar os mais aflitos, levantar o ânimo dos abatidos e cuidar, do melhor modo possível das crianças. Assim ela viveu alguns dias, suportando com doçura, paciência e conformidade a vontade de Deus, seu intenso sofrimento, e dos demais. No dia 7 de agosto de 1942, Edith Stein, Rosa e centenas de homens, mulheres e crianças foram de trem para o campo de extermínio de Auschwitz- Birkenau. Dois dias depois, em 9 de agosto, foram mortas na câmara de gás e tiveram seus corpos queimados.

(Revista Aparecida, 2010)

*    

Um comentário:

  1. Boa Tarde, querida Zui!
    Que Santa Edith interceda por nós!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir