quarta-feira, 29 de junho de 2016

Tela de Arame



Em volta dos buracos os arames dão-se as mãos,
Para não romper a roda apertam com muita força o punho do companheiro:
E assim é que, com buracos, conseguem fazer uma cerca.

Senhor, na minha vida há uma porção de buracos,

Há vazios também na vida de meus vizinhos
Mas, se quiseres vamos dar-nos as mãos,
Apertar bem com força,
E vamos fazer juntos um belo rolo de tela para arrumar o Paraíso.

Michel Quoist

*

2 comentários:

  1. Muito lindo!Adorei ler! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa Tarde, querida Zui!
    Que assim seja! Em Teia, vmaos caminhando e fazendo o bem...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir