domingo, 30 de novembro de 2014

Início do Ano Litúrgico: Advento - Ano B



Com o Primeiro Domingo do Advento, começamos um novo ano Litúrgico. Para os cristãos, trata-se de um verdadeiro início de ano, pois a vida cristã é marcada pela celebração do mistério de Deus, revelado em Jesus Cristo. O Advento é um tempo de graça, um itinerário que nos prepara para celebrarmos o mistério do Natal do Senhor. A disposição requerida para esse tempo é a "vigilância".

A vigilância é uma atitude de quem está atento aos enganos do inimigo da natureza humana e, com a graça de Cristo, supera suas armadilhas. "Vigiar" é, ainda, se manter fiel a tarefa dada por Deus; trata-se de assumir o seu papel e sua tarefa no Reino de Deus. a vigilância, exige ainda, a oração para não cair no poder da tentação.

(A Bíblia Dia A Dia, 2014)

***



Iluminai a vossa face sobre nós, convertei-nos!
Sl 80 (79)


***


domingo, 23 de novembro de 2014

Cristo, Rei do Universo



"Neste último domingo do ano litúrgico, celebramos a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. Enquanto Rei, e como tal, Jesus Cristo é o pastor que reúne, cuida e conduz às boas pastagens o rebanho de Deus. A sua vida e a sua presença gloriosa (Mt 28, 20) iluminam o ser humano, fazendo com que cada um esteja diante da verdade de si mesmo".

"Somente o olhar penetrante do pastor, do Filho do Homem, que ultrapassa as aparências, pode com verdade conhecer a situação de cada um e o que se é de fato. Se o texto fala de condenação, é para fazer apelo a viver no amor que exige o serviço ao semelhante. O critério último da salvação, que é dom de Deus, não é a fé, mas a caridade".


( A Bíblia dia a dia, 2014)


***





***

domingo, 9 de novembro de 2014

Beata Elisabete da Trindade, Carmelita



"Ó meu Deus, pacificai minha alma, fazei dela vosso céu."


Elisabete da Trindade nasceu aos 18 de Julho de 1880 em Camp d' Avor, perto de Bourges, na França. Seus pais foram José Catez e Maria Roland.
Nada de extraordinário marca a sua mocidade, a não ser uma grande sensibilidade para o belo e uma abertura incondicionada ao Espírito Santo, que a torna delicada e atenta aos apelos do Senhor. Uma vida tranquila num ambiente sereno e sadio.
No dia 2 de Agosto de 1901 entra para o Carmelo de Dijon, onde permanecerá até a morte. Depois de uma longa e dolorosa doença, Elisabete morre nas primeiras horas do dia 9 de Novembro de 1906. Com pouco mais de vinte e seis anos de idade, ela conseguiu dar sentido à sua vida, viver o seu ideal até o fim e projetar uma luz animadora na Igreja e no mundo.


( A Trindade que habita em nós / Elisabete da Trindade )


***




***

domingo, 2 de novembro de 2014

Dia de Finados


Cremos que Deus nos encontra quando nós morremos, vem ao nosso encontro. Abrem-se os nossos olhos que a morte fechara. Encontramo-nos diante de Deus: cada um com sua própria história, o seu amor e a sua falta. Com tudo o que se fez de bem e de mal; por amor de Deus e do próximo ou então em seu detrimento. Cremos que este encontro tem uma importância vital.


(Eu Creio, Pequeno Catecismo Católico)


***



sábado, 1 de novembro de 2014

Todos os Santos




Você pode ser um santo ainda em vida. A única condição é viver na graça de Deus e ser um testemunho de virtudes cristãs. A maioria dos santos não são conhecidos, nem canonizados. Alguns cristãos falecidos, por causa de suas virtudes e seu testemunho de fé, são colocados como exemplo a ser seguido pela Igreja... Eles continuam vivos em Deus. Morreram para a terra, não para a eternidade. E estão conosco pela "comunhão dos santos".


( Alicerce para um mundo novo, Padre Zezinho, scj )


***