sexta-feira, 11 de julho de 2014

São Bento - 11 de Julho



A vida do "pai do monaquismo ocidental" é conhecida por nós através dos Diálogos de São Gregório Magno. Tendo abandonado o "mundo", o jovem Bento fez primeiro experiências de vida "eremítica"(solitária); posteriormente, após a trágica experiência de reformar monges em Vicovaro (tentaram envenena-lo), passou  a Subiaco. Expulso de lá, dirigiu-se a Montecassino, onde iniciou a vida "cenobítica" (comunitária) e escreveu a célebre "Regra" monástica. Esta funde em bela harmonia a experiência dos orientais (especialmente de Basílio), a sabedoria romana, o espírito e sabedoria evangélica. Une oração e trabalho ("ora et labora"), quer manual, quer intelectual, sob a orientação do Abade (pai). Tudo na Regra é simplicidade e prudência, severidade e brandura, liberdade e sujeição. Os beneditinos espalharam-se pela Europa e converteram-se a Cristo, conservando a sua unidade religiosa. Por isto, Bento foi proclamado por Paulo VI, em 1964, principal "Padroeiro da Europa".


(Missal Cotidiano, 1985)



***

2 comentários:

  1. Bem lembrado! beijos,lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Ailime
    Hoje estamos de festa eu e o Mosteiro... Um dia lindo onde o nosso pai espiritual nos protege com doçura e somos aliviadas nas penas cotidianas...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir