segunda-feira, 25 de março de 2013

Domingo de Ramos


Estamos iniciando a semana que alguns chamam de santa - e que seria preferível chamar de semana da paixão. Semana de muito peixe e de pouca penitência. Semana de muito ovo, muito coelho e de pouca meditação. Semana de um dia muito silencioso, feriado, superstição. Diante de tudo isso, as últimas palavras de Jesus se tornam efetivamente muito difíceis de compreender (Brenno Schumann). No entanto, o mistério central destes dias é Jesus Cristo, o Messias. Devemos compreender especialmente essa mensagem. Precisamos compreender Cristo e, a partir dessa experiência, testemunhar. Ele é o centro dos destinos da humanidade, ele é o libertador, o salvador. E tudo isso porque ele é, ao mesmo tempo, Filho do homem e Filho de Deus. O entusiasmo por Cristo, quando se chegou a perceber dele alguma coisa, não tem limites. Ele é a alegria do mundo, a nossa alegria.

Reflita: 
* O que significa para você a Semana Santa?
* Como devemos celebrar a Semana Santa?
* Quem é o Messias?

(Agenda Bíblica - 1993) 

Um comentário:

  1. Uma semana em que a reflexão deve estar presente em nossos corações.
    Beijos.

    ResponderExcluir