segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Santa Teresa de Ávila - 15 de Outubro


"Nada te perturbe,
Nada te espante,
Tudo passa,
A paciência 
Tudo alcança;
Quem a Deus tem
Nada lhe falta:
Só Deus basta".   

Teresa de Cepeda y de Ahumada demonstrou desde menina acentuada tendência à vida contemplativa e anacorética. Leitora assídua dos Padres, havia alcançado de São Jerônimo a vocação religiosa. O Carmelo de sua cidade, Ávila, praticava então, como muitos outros, uma observância bastante mitigada. Teresa submeteu-se às mais rigorosas práticas antes de empreender sua vasta obra de reforma, com a ajuda de São João da Cruz. Apesar das atividades que tinha de desenvolver  na formação dos novos conventos, e não obstante as imensas dificuldades que devia enfrentar, Teresa atingiu o ápice da vida mística. Provam-no seus escritos: O Caminho da Perfeição, As Fundações, O Castelo Interior, Cartas, etc. A ascese cristã é (em cada um de nós) correspondência ao Espírito Santo que, desde o batismo, trabalha em cada um de nós para nos tornar conformes à imagem do Filho de Deus. Figura intensamente humana, Teresa era mulher de profundo bom senso, de caráter simpático, jovial, hábil, alegre, de grande talento organizativo. Morreu na noite de 4 de outubro de 1582, exatamente no ano em que a correção do calendário, feita pelo Papa Gregório XIII, fez seguir imediatamente o dia 15 de outubro. Sua profunda doutrina espiritual, que muito tem de Agostinho e Gregório Magno, lhe mereceu ser declarada por Paulo VI, em 1970,"Doutora da Igreja".  

  

2 comentários:

  1. Lindo, muito lindo mesmo o seu post! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Com o seu belo post conheci a história de Santa Teresa de Ávila.
    Obrigado.
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir